CV cronol gico .


27 views
Uploaded on:
Category: Food / Beverages
Description
CV cronológico. Apresenta, cronologicamente, a experiência profissional do candidato Estrutura-se, normalmente, da experiência mais antiga para a mais recente
Transcripts
Slide 1

CV cronológico Apresenta, cronologicamente, an experiência profissional do candidato Estrutura-se, normalmente, da experiência mais antiga para a mais recente An estrutura da experiência mais recente para a mais antiga também é possível, por forma a tornar mais relevante a última experiência profissional Exemplo:

Slide 3

 Não se deve utilizar este tipo de CV quando: Se possui pouca experiência profissional Não se possui uma especialização específica à qual se pretende candidatar Se a última experiência profissional não é a mais relevante para a candidatura em questão

Slide 4

CV funcional Centra-se na actividade/nas funções desenvolvidas pelo candidato ao longo da sua carreira profissional Divide an experiência profissional em conhecimentos específicos, de acordo com a área de especialidade técnica de cada pessoa e todas as competências que o candidato foi desenvolvendo, concorrendo, assim, para um melhor desempenho das suas funções Exemplo:

Slide 6

Vantagens: Permite disfarçar aspectos menos positivos (média baixa no curso) Resulta melhor se os recrutadores pretendem uma pessoa com um perfil que resulta do aperfeiçoamento Estimula o recrutador a confrontar o candidato com questões que visam aferir a sua capacidade argumentativa e crítica, bem como a revelar a sua ambição e vontade de vencer Permite ao candidato revelar a sua capacidade de redacção

Slide 7

Desvantagens: Encarado como uma forma de camuflar aspectos menos positivos Tende a ser extenso Susceptível de diversas interpretações por parte de quem o lê

Slide 8

CV misto Alia uma maior formalidade do educational modules cronológico e an adaptabilidade do educational programs funcional Combina uma boa organização, destacando os aspectos mais importantes, com a descrição da situação profissional que melhor se adequa à candidatura Exemplo:

Slide 10

Vantagens: - Permite ao candidato ser mais telegráfico em alguns aspectos e mais descritivo noutros que interessam mais para aquela situação concreta

Slide 11

CV - Formato Europeu Lançado em 2002, com vista a favorecer a mobilidade de profissionais na Europa Garante an adaptação aos diferentes perfis e uma maior transparência das qualificações a nível europeu Exempl o :

Slide 12

Carta de acompanhamento/Apresentação Acompanha o CV Breve Formal Simples Linguagem correcta Exemplo:

Slide 14

Estrutura

Slide 15

CV de apresentação Utilizado para proceder à apresentação de determinada pessoa, cry determinado prisma em função da ocasião Conferencista (especialista) Pretende resumir apenas alguns aspectos do percurso de uma pessoa, evidenciando determinadas características relevantes para a situação em questão (o que faz da pessoa um perito numa determinada matéria) Exemplo:

Slide 17

Carta de Candidatura Simultaneamente carta de apresentação e CV resumido Deve incluir: Referências à fonte do anúncio Dados solicitados no anúncio Deve ainda: Mostrar disponibilidade para responder a questões aquando de uma possível entrevista Apresentar cumprimentos, colocar an information e assinar Exemplo:

Slide 19

Candidatura espontânea Forma da pessoa se dar a conhecer/fazer a sua promoção pessoal Como? Dirigindo uma carta an uma entidade empregadora, oferecendo espontaneamente os seus serviços Acompanhar a carta de um CV A promoção é feita através da carta que deverá suscitar o interesse do empregador, realçar as virtualidades do educational programs e mostrar a motivação e o interesse do candidato relativamente à entidade empregadora Exemplo:

Slide 21

Anúncio de emprego Forma da pessoa se dar a conhecer/fazer a sua promoção pessoal Deve: Ter uma leitura fácil Possuir um estilo telegráfico Salientar as principais características para a função que se pretende desempenhar Ser apelativo, despertar an atenção e o interesse Exemplo:

Slide 23

Carta formal/casual Ambas obedecem an uma estrutura fixa: Saudação Fórmula de saudação Introdução Motivo da carta Exposição – apresentação dos assuntos Despedida Exemplo de carta forma l :

Slide 24

Carta Comercial Envolve duas partes principais: Elementos de identificação do emissor, do receptor e do assunto a tratar (remetente, destinatério, referências, information, assunto) O texto – a mensagem Deve ser: Clara no discurso Correcta no enquadramento do assunto Lógica na sua sequência Exemplo:

Slide 26

Convocatória Meio através do qual se convidam e informam os participantes de uma reunião acerca do dia, hora, neighborhood e ordem de trabalhos dessa reunião Três tipos de convocatórias: Formais Informais Call for papers Possuem elementos fixos: Nome da empresa ou organismo que convoca Data da reunião: dia, mês, ano, hora e nearby Ordem de trabalhos/motivation: assuntos a debater Quem convoca Data da convocatória Exemplo:

Slide 28

Acta Relato fiel dos assuntos tratados e dos factos ocorridos durante uma reunião, especificando: Data, hora, neighborhood, grupo que reuniu e nome da pessoa que presidiu Presenças e ausências Ordem de trabalhos Outros assuntos discutidos, mesmo que não constem da ordem de trabalhos Quaisquer acções que tenham sido acordadas e respectivos responsáveis pela sua execução Quaisquer votações que tenham sido efectuadas, indicando o número de votos some help, contra e abstenções Encerramento com indicação da hora Exemplo:

Slide 30

Relatório Forma especializada de comunicação escrita que fornece informação de forma concisa sobre determinados factos Características que deve possuir: Elaborado tendo por base an estrita realidade, com uma linguagem simples e adequada ao destinatário do relatório e fazendo an observação crítica dos factos narrados An argumentação apresentada deve conduzir an uma demonstração e respectiva conclusão Tem como objectivo an apresentação de propostas viáveis e soluções pertinentes Exemplo:

Recommended
View more...