DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM .


24 views
Uploaded on:
Category: Animals / Pets
Description
DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM. Professora Joice Estacheski NRE Ponta Grossa Instituto de Educação. Beatriz Scoz. “ A Psicopedagogia estuda o processo de aprendizagem e suas dificuldades e numa ação profissional deve englobar vários campos do conhecimento, sintetizando-os e integrando-os.”.
Transcripts
Slide 1

DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM Professora Joice Estacheski NRE Ponta Grossa Instituto de Educação

Slide 2

Beatriz Scoz " A Psicopedagogia estuda o processo de aprendizagem e suas dificuldades e numa ação profissional deve englobar vários campos do conhecimento, sintetizando-os e integrando-os."

Slide 3

ESTUDA A COMPLEXIDADE DO APRENDER

Slide 4

Fatores a Considerar ORGÂNICO PEDAGÓGICO SOCIAL FAMILIAR COGNITIVO EMOCIONAL FUNCIONAL R ESCOLA CEREBRAL

Slide 5

Dificuldades de Aprendizagem Problemas Emocionais Problemas Psicomotores Problemas Cognitivos Problemas de Atenção Problemas de Memória Problemas Perceptivos Problemas Psicolinguístico Problemas de Comportamento

Slide 6

FRACASSOS SUCESSIVOS PODEM CAUSAR: VÍNCULOS NEGATIVOS COM An APRENDIZAGEM; DESMOTIVAÇÃO PARA APRENDER; PROBLEMAS NA AUTO ESTIMA.

Slide 7

História das Dificuldades de Aprendizagem Século XVIII - Ensino para todos e na base da diversidade. Século XIX e XX, Montessori,Decroly, Froebel, Dewey, Makarenko, Mendel, Freinet escola obrigatória para todos e aberta para a vida .

Slide 8

Revolução Francesa Exigia mão de obra preparada; Deu-se conta que 10% das crianças não aprendiam ou aprendiam em ritmo lento; Surgiram os testicles padronizados.

Slide 9

Fracasso Escolar Fatores orgânicos como primeiro enfoque; Estimularam os estudos neurológicos: neurofisiológicos e neuropsiquiátricos; Primeiros conceitos de anormalidade.

Slide 10

Brasil 1950 - fracasso escolar alvo de preocupações 1958 - Serviço de Orientação Psicopedagógica - visando a melhoria da relação teacher x aluno

Slide 11

APRENDIZAGEM Envolve um processo de informações: Processos sensoriais, neurológicos, psicomotores e psicológicos.

Slide 12

Alguns dos Fatores envolvidos na aprendizagem Fatores psicodinâmicos: organização cerebral, visão,audição, maturidade, psicomotricidade, Fatores sociais: nível sócio-econômico, social, lingüístico dos pais, experiências vivenciadas, and so on. Fatores emocionais e motivacionais: estabilidade emocional, personalidade, and so on

Slide 13

Alguns dos Fatores envolvidos na aprendizagem Fatores intelectuais: capacidade mental worldwide, as capacidades perceptivas, resolução de problemas, and so on. Fatores escolares: dispedagogia, metodologia, relação teacher x aluno, and so on

Slide 14

APRENDIZAGEM Necessita da integridade das funções do sistema nervoso focal (armazenamento, integração, formulação e regulação) e funções do sistema nervoso periférico .

Slide 16

Funções Superiores an) integração auditiva - atividade perceptiva da informação sonora, que é transmitida para an análise e decodificação cortical. b) memória e memorização - capacidade que assegura an aprendizagem da língua, estocagem de informações, repertório do léxico. c) atividade práxica - movimentos precisos ou não , operações de escolha, aproximações, hipóteses, de onde surge o plano motriz a realizar.

Slide 17

Alterações da Aprendizagem 1-Fatores orgânicos Embriopatias, fetopatias, placentopatias, baixo peso ao nascer; Malformações congênitas, incompatibilidade sangüínea, doenças infecciosas gestacionais, microcefalia; Prematuridade, hemorragias cerebrais, anoxia, apgar , intoxicações; Infecções perinatais.

Slide 18

Audição ,Visão , SNC Funcionamento glandular - falta de concentração, sonolência, "lacunas", hipotireoidismo crônico. Alimentação - déficit alimentar crônico produz distrofia generalizada. Abrigo e conforto para o Sono - repouso para aproveitamento das experiências.

Slide 19

2 - Fator genético - O potencial de aprendizagem também é herdado, a contribuição da genética é indispensável, chega a ser mais relevante que o envolvimento sócio-social.

Slide 20

3 - Fatores Psicógenos - Na história prévia ao ingresso na escola, revela sinais de neurose infantil ( pavor noturno, enurese, agressividade) . Os problemas surgem como reação secundária a seus problemas de rendimento escolar. Atitude depressiva diante das dificuldades, tristeza e culpa, diante do temor de viver novo fracasso retira-se e recusa a competir.

Slide 21

Psicoses infantis - Autismo, indiferença à linguagem dos outros; Outras psicoses organizam linguagem abundante e atrapalhada, mundo imaginário estranho, assustador, pobreza da organização psíquica, mistura de banalidades, neologismos, bizarrias, consoantes estranhas pobreza do léxico e das formas gramaticais.

Slide 22

As crianças internalizam a noção de "errado e feio" Cr. 1-Minha mãe disse que meu desenho é feio. Eu chego em casa e nem mostro pra ela. Eu também acho feio. Vou mudá tudo. Cr. 2-Tá feio, professora? Prof. - Tu riscou tudo. Tu sabe pintar direitinho, mas tu foi riscar tudo! Cr.2 - Então vou fazê outro. Prof. - Depois do recreio tu faz. Public square já vai bater star recreio.

Slide 23

4 - Fatores pedagógicos - Condições metodológicas inadequadas: Ênfase demasiada no aspecto fonético, produz uma leitura excessivamente analítica que limita a compreensão e a velocidade da leitura. Método monótono, difícil e descuida os interesse infantis, seleção do vocabulário e dos temas. Teacher pouco flexível na aplicação do método, desconsideração das diferenças individuais das crianças. Falta de estímulo nas habilidades que são pré-requisitos para etapas seguintes da aprendizagem.

Slide 24

Atitude agressiva e pejorativa diante dos superiores e iguais, revela rechaço, negativismo, franca hostilidade com o teacher e colegas mais adiantados. Atitude de negação e antipatia pelas atividades que causam decepção e frustração, afastamento da realidade e pela excessiva satisfação na rhapsody, seja pela fixação com a parada de crescimento na criança.

Slide 25

5 - Fatores sócio-culturais Condições habitacionais, sanitárias e de higiene desfavoráveis, Privação lúdica e psicomotora, ambiente repressivo, Desemprego, insegurança econômica crônica, analfabetismo dos pais, zonas suburbanas e rurais, Relações between familiares desfavoráveis, grupos sociais muito numerosos, modelos lingüísticos pobres, baixas expectativas culturais,

Slide 26

" Dificuldade de aprendizagem ( DA) é um termo geral que se refere an um grupo heterogêneo de desordens manifestadas por dificuldades significativas na aquisição e utilização da compreensão auditiva, da fala, da leitura, da escrita e do raciocínio matemático."

Slide 27

Se caracterizam pela impossibilidade ou dificuldade momentânea para an aprendizagem, por motivos internos ou externos que, quando resolvidos, deixam de obstacularizar ou impedir o aprendizado. Ex.. doença momentânea, morte de um ente querido, mudança de escola, de cidade, and so forth

Slide 28

Transtornos de Aprendizagem Funcionamento acadêmico abaixo do esperado para an idade cronológica, nível de inteligência e na educação apropriada para an idade. • Interferem significativamente no rendimento escolar ou nas atividades de vida diária que exigem habilidades de leitura e escrita ou matemática.

Slide 29

Terminologia Atual DSM-IV Alerta, que em relação à idade, determinadas dificuldades podem ser normais, mas se persistem, acabam saindo da normalidade. Portanto faz referência ao rendimento acadêmico em idade escolar, sendo essa dificuldade mais pronunciada se o desenvolvimento de linguagem é o implicado. Sugere como fator pré-dispositivo algum dano perinatal, também é relativamente chronic observar relações entre os transtornos de linguagem, seja expressivo ou receptivo e os transtornos de leitura, escrita e cálculo podendo ainda estar agregado aos transtornos de conduta.

Slide 30

Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV Transtornos da Conduta Transtornos Desafiador de Oposição; Retardo Mental.

Slide 31

Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV Transtornos invasivos do desenvolvimento Autista, Rett, Asperger, outras sem especificação. Transtornos de déficit de atenção e hiperatividade - Tipo predominantemente desatento, - Predominantemente Hiperativo-Impulsivo, - Combinado;

Slide 32

Transtornos específicos da aprendizagem segundo DSM-IV Transtornos da comunicação, incluem: Da linguagem expressiva; Misto da linguagem: receptivo-expressiva, fonológico, disfemia ( gagueira) e outros sem especificação

Slide 33

Evolução das perturbações da linguagem Comunicação oral - Pobreza do léxico, formas sintáticas rígidas, perturbações articulatórias, em geral difícil de distinguir as inabilidades que são seqüelas de perturbações da linguagem e as que são variantes orais de uma fala relaxada ou mainstream.

Slide 34

Atraso no desenvolvimento de linguagem - transtorno cognitivo, impedindo uso adequado do léxico, da semântica e da sintaxe, incapacidade de expressar idéias por meio de palavras. Disfasia infantil - desestruturação da linguagem e da fala, origem neurológica.

Slide 35

Principais Disfunções Alexia - incapacidade add up to para ler Agrafia - incapacidade add up to para escrever Acalculia - incapacidade para compreender o mecanismo do cálculo

Slide 36

Principais Disfunções Afasia infantil - Falhas na expressão e compreensão, transtorno na estruturação da linguagem decorrente de distúrbios no funcionamento cerebral. (Spinelli-1983) Agnosias - desordens de recepção Apraxias e Dispraxias-de ordem motora

Slide 37

Principais Disfunções Disfemia - Gagueira Pode aparecer durante o desenvolvimento da fala, sendo episódica em situaç�

Recommended
View more...